Você está aqui: Clipping Estadista da Liberdade

Estadista da Liberdade

Jornal “Estado de Minas” – 27/02/2010


Tancredo Neves, em 75 anos de vida, cumpriu um destino de homem público, democrata e defensor da liberdade. São tarefas duras, exigentes, sobretudo num país que tem em sua história a inscrição da desigualdade, da força e da injustiça. No momento em que o Brasil celebra o centenário de nascimento do político de São João del-Rei, fica cada vez mais clara sua visão límpida de propósitos, sua habilidade em desfazer o ódio e a capacidade de construir o possível, sem abrir mão de princípios.


Numa longa carreira política, nunca serviu às ditaduras - como fizeram tantos paladinos da moralidade que não coraram em participar de regimes de exceção -, não se curvou ao poder da força, não foi pragmático quando o objetivo era transigir com a democracia. Foi vereador, deputado, ministro de Estado, primeiro-ministro, governador e presidente não empossado.


Esteve presente em todos os momentos de crise do país, como se tivesse sido talhado para abrir caminho para o entendimento, embora não escondesse suas convicções pessoais e ideológicas.


Leia mais em (link para assinantes): Estadista da Liberdade