Você está aqui: Clipping Um Tempo Assombrado

Um Tempo Assombrado

Jornal “Estado de Minas” – 27/02/2010


INÁCIO MUZZI


O hiato de 25 anos encobre quase perfeitamente o clima psicológico que envolveu os 38 dias de lenta agonia do presidente eleito Tancredo Neves, transcorrida entre a sua internação na noite de 14 de março e a sua morte em 21 de abril de 1985.


Os fatos, por mais surpreendentes, podem ser recolhidos nos arquivos históricos. Um presidente, líder de uma transição democrática, baixa ao hospital 10 horas antes de sua posse. Sobrevive a uma cirurgia aparentemente simples e depara-se mais seis vezes com o bisturi, até sucumbir por síndrome da resposta inflamatória sistêmica, o "pulmão de choque", designação que não existia na época.


Os arquivos apresentam todos os detalhes da derrocada médica e a também lenta legitimação do governo democrático do "vice"-presidente Sarney, até meses antes presidente do partido de sustentação do regime militar, o PDS.


Leia mais em (link para assinantes): Um tempo assombrado