Você está aqui: Clipping Centenário de Tancredo Neves é Lembrado Nesta Quinta-feira

Centenário de Tancredo Neves é Lembrado Nesta Quinta-feira

Folha Online - 04/03/2010


DANIEL RONCAGLIA


Se estivesse vivo, o advogado e empresário mineiro Tancredo de Almeida Neves (1910-1985), presidente, governador, senador, deputado e vereador, completaria 100 anos nesta quinta-feira. Presidente símbolo da redemocratização depois do regime militar (1964-1985), Tancredo morreu sem assumir o cargo em 21 de abril de 1985.


Com José Sarney na vice-presidência, ele foi eleito presidente pelo Colégio Eleitoral em 15 de janeiro de 1985, por 480 votos contra 180 recebidos pelo deputado Paulo Maluf. Depois de sete cirurgias e 35 dias de internação, a morte de Tancredo gerou longa comoção nacional em um momento sensível da história política do país.


A força e o simbolismo político de Tancredo ficaram evidentes ontem, quando o Senado foi palco de uma série de discursos de políticos de diversos partidos em homenagem ao seu centenário. Uma estátua de Tancredo foi colocada no salão Nobre do Senado.


O cientista político Rogério Bapstistini, da Escola de Sociologia e Política de São Paulo, afirma que Tancredo era um político com duas qualidades: astúcia e prudência. "Isso fazia dele um político com visão excepcional dos problemas com capacidade de articular as forças em questão", diz.


Link para ler no original: Centenário de Tancredo Neves é lembrado nesta quinta-feira