Você está aqui: Cartas De Tancredo Neves para Juscelino Kubitschek: 27/07/1964

De Tancredo Neves para Juscelino Kubitschek: 27/07/1964

carta_6.1carta_6.2 carta_6.3 carta_6.4 carta_6.5

Em Brasília, o então deputado Tancredo Neves manifesta a Juscelino Kubitschek sua amizade e solidariedade diante da cassação dos direitos políticos do ex-presidente, ao qual também procura consolar naqueles momentos graves e difíceis da vida política brasileira. Seguem alguns trechos do manuscrito:


“A Nação imersa em ‘vil e apagada tristeza’, na sucessão dos dias mais consciência vai tomando de que com ignóbil cassação do seu mandato e a suspensão dos seus direitos políticos, cassados e suspensos ficam os direitos do povo.


“Em meio a um panorama desolador e aviltante, estamos colecionando muitas decepções dos que desertaram, se acovardaram ou se acomodam, mas também reconfortados pelas atitudes viris de muitos que resistem e lutam, enfrentando a hostil adversidade de rancor sem entranhas.”


“Sinto que se aproxima do fim o eclipse que nos envergonha diante das nações civilizadas e que já está à vista o dia em que iremos restaurar o clima de dignidade democrática, por que anseiam todos os brasileiros com a revisão das brutais iniquidades que maculam nossa história política.”