Você está aqui: Clipping Tancredo e o futebol

Tancredo e o futebol

Jornal "O Tempo" – 13/03/2010


TEODOMIRO BRAGA


Ao longo deste mês em que se comemora o centenário do nascimento de Tancredo Neves, muito se publicou na imprensa a respeito do ex-presidente, principalmente sobre a sua atuação política. Pouco se escreveu, porém, sobre um lado de Tancredo que é praticamente desconhecido do público: o seu lado esportista. Dou aqui minha modesta contribuição para ajudar a resgatar este capítulo de sua biografia.


Ficou célebre a sua declaração, à revista "Placar", de que torcia pelo América, mas gostava do Atlético, do Cruzeiro e de todos os times do interior. A frase foi uma brincadeira de Tancredo, que gostava de exercitar seu espírito de gozador, mas por causa dela muita gente imaginava que ele torcia pelo Coelho por conveniência, para não desagradar os torcedores dos outros clubes mineiros.


Tancredo era torcedor apaixonado pelo América e quando era governador de Minas recebeu o título de "sócio benemérito" do clube no próprio Palácio da Liberdade, em novembro de 1984. "Nesse dia, ele mostrou que acompanhava as coisas do América e perguntou pelo `seu´ Zico, o pai de Telê Santana, que era o responsável pelas nossas escolinhas de futebol", lembra o então presidente do clube, Paulo Afonso Alves - cuja posse teve a presença de Tancredo, que também o ajudou a conseguir patrocínios para o clube.


Leia mais em: Tancredo e o futebol