Você está aqui: Home

Na abertura da exposição no Museu Histórico Nacional, o Centenário de Tancredo Neves também foi marcado pelo lançamento de dois livros organizados por Mauro Santayana, jornalista que trabalhou muitos anos com o ex-presidente e dava a forma final aos seus discursos. Santayana autografou as duas obras acondicionadas conjuntamente em embalagem no formato de uma luva: uma, de frases e trechos de discursos de Tancredo (“A Política como Razão: as Ideias e o Tempo de Tancredo Neves”), e, a outra, com discursos escolhidos (“Tancredo, o Verbo Republicano”).


Os lançamentos

“A política como Razão: as Ideias e o Tempo de Tancredo Neves”
Edição Fundação Tancredo Neves
Introdução e seleção de Mauro Santayana
Ilustrações de Cláudio Ferlauto
Texto da contracapa de Angelo Oswaldo, jornalista e atual prefeito de Ouro Preto
Capa dura
200 páginas


O volume reúne frases do ex-presidente, organizadas por Mauro Santayana, jornalista que trabalhou com Tancredo por diversos anos. Na introdução, Santayana traça um paralelo entre a trajetória de vida e política do ex-presidente e os principais acontecimentos da história do Brasil, contextualizando o pensamento e o ideário do personagem. As frases são quase todas extraídas de discursos que ele fez ao longo de quatro décadas de vida pública. Ao final, o autor transcreve a primeira entrevista coletiva que Tancredo Neves concedeu a jornalistas brasileiros e estrangeiros após a sua eleição para a Presidência da República, na qual ele fala de suas principais propostas para o Brasil.


“Tancredo, o Verbo Republicano”
Edição Fundação Tancredo Neves
Organização e notas de Mauro Santayana
Ilustração da capa de Cláudio Ferlauto
Texto da contracapa de Angelo Oswaldo, jornalista e atual prefeito de Ouro Preto
Capa dura
200 páginas


Doze discursos selecionados cobrem toda a carreira política de Tancredo em nível nacional, desde que ele foi ministro da Justiça de Getúlio Vargas até a posse programada como presidente da República, que acabou não acontecendo. O livro fecha com o discurso preparado para a ocasião e depois lido pelo presidente empossado, José Sarney. Cada discurso é acompanhado de um comentário do organizador, que oferece a sua contextualização política e explica a importância do pronunciamento. Os capítulos são precedidos por amplo mosaico de fotos que mostram Tancredo em sua vida político-parlamentar ao longo dessas quatro décadas.