Você está aqui: Biografia Governador

Governador

 

tancredo_neves_governadorEm meio ao clima da abertura política, de explosão dos movimentos sociais, da conquista da anistia e do fim do bipartidarismo, Tancredo Neves liderou a formação do Partido Popular (PP), em 1979. A legenda veio a se fundir com o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), formando uma ampla frente adversária ao Partido Democrático Social (PDS), alinhado com os militares. Pelo PMDB, Tancredo teve seu nome lançado para governador de Minas Gerais, em 1982, na primeira eleição direta para o Executivo estadual desde 1965. Ele venceu o pleito com 2,7 milhões de votos. Ao tomar posse, em 1983, tratou de fortalecer as finanças do Estado para a realização de investimentos em infraestrutura e programas sociais.


Minas Gerais teve Tancredo como governador por 17 meses – ele deixou o Palácio da Liberdade, em 1984, e foi eleito presidente da República. No balanço de sua gestão, houve equilíbrio das finanças públicas e o Estado voltou a crescer, entre outros destaques.


Ao mesmo tempo, passou a ocupar papel central nas articulações políticas da oposição visando fazer a transição do regime militar – chefiado pelo general João Baptista Figueiredo, o presidente da República – para a democracia.


A proposta de uma conciliação nacional para a transição política foi a marca de sucessivos pronunciamentos de Tancredo, defensor também da convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte, que estabelecesse um novo ordenamento político e social no País.


Leia mais:
Balanço do Governo